Compartilhe esse conteúdo

Tenha segurança de que a empresa tem bom histórico e vai entregar o imóvel conforme o contrato

Imagina investir todo seu dinheiro guardado no sonho da casa própria e ver o imóvel não sair do papel. Não é incomum. Muitos clientes têm enfrentado essa situação com construtoras que simplesmente somem ou decretam falência, porque já não estavam bem das pernas.

Há outras questões, como empresas que atrasam a entrega ou constroem prédios repletos de problemas estruturais. Por isso, pesquisar o passado da construtora é fundamental.

“O consumidor pode evitar sérios problemas se destinar um tempo para pesquisar sobre a construtora, antes de fechar negócio. Isso pode ser feito por meio de sites como o Reclame Aqui, dos Tribunais de Justiça dos Estados, Procons e com outros consumidores que adquiriram imóveis da construtora”, orienta a advogada Viviana Callegari, especialista em Direito Imobiliário.

Para a arquiteta Lucianne Korn, é bom ter atenção aos materiais e mão de obra escolhidos pela construtora. “Essa escolha pode prejudicar muito a execução do projeto. Além, é claro, de trazer prejuízos, como atraso na obra. Por isso, é importante pesquisar e conhecer bem a construtora e saber a idoneidade dela, antes de fazer a contratação”.

Viviana diz que podem ser solicitados documentos, tanto da construtora como do imóvel (seja do imóvel pronto para morar ou do terreno onde será construído). Ela dá como exemplos, certidão dos cartórios de protesto, certidões relativas a ações cíveis, falência, Justiça do Trabalho, executivos fiscais e CND do INSS, no caso da empresa.

Há meios extras de se proteger em caso de insegurança, como fazer um incremento no contrato. “O consumidor pode, por exemplo, pedir para incluir uma cláusula de multa, em caso de atraso na entrega superior a 180 dias”, diz a advogada.

Esta reportagem foi publicada no ZAP Imóveis. Foto: Shutterstock

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *