Compartilhe esse conteúdo

Em entrevista para o portal Blasting News Brasil, o advogado Fabricio Sicchierolli Posocco, sócio do escritório Posocco & Associados – Advogados e Consultores, já comentava que os valores por danos materiais e morais por problemas em aeroportos poderiam chegar a R$ 15 mil. E foi exatamente isso que aconteceu neste mês.

A 20ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) aumentou o valor da indenização que uma companhia aérea deve pagar a um casal de idosos por falta de atendimento após cancelamento de voo.

Consta dos autos que os passageiros, que têm mais de 80 anos de idade, esperavam por conexão em um aeroporto no exterior quando o voo foi cancelado. Eles estavam desacompanhados, tiveram as bagagens extraviadas e, mesmo assim, a empresa só os incluiu em outro avião 24 horas depois. Nesse intervalo, não forneceu hospedagem, alimentação, nem transporte.

Segundo a assessoria de comunicação social do TJSP, a sentença fixou o valor da indenização em R$ 5 mil para cada um dos prejudicados, mas o desembargador Álvaro Torres Júnior, relator da apelação, decidiu elevar o valor para R$ 15 mil para cada.

Também participaram do julgamento os desembargadores Luiz Correia Lima e Luiz Carlos de Barros. A votação foi unânime.

Veja também:

Foto Pixabay/Skitterphoto

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *