Compartilhe esse conteúdo

A Justiça de São Paulo condenou uma mulher a pagar ao ex-marido danos morais por passar 15 anos utilizando o sobrenome de casada mesmo depois do divórcio.

Para explicar a situação, o advogado Fabrício Posocco foi convidado a participar do programa Repercussão Geral, da Rádio Justiça do STF (Supremo Tribunal Federal). Ouça a entrevista:

Para ouvir outras entrevistas, acesse em nosso site o canal “Posocco na Mídia“.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *