Compartilhe esse conteúdo

O projeto Ativa+Idade, mantido pelo escritório Posocco & Associados – Advogados e Consultores, nas cidades de São Paulo e Embu-Guaçu e na região da Baixada Santista, tem auxiliado idosos na luta pela garantia de seus direitos.

Em entrevista para o Jornal Santuário de Aparecida, a coordenadora da ação, a advogada Viviana Callegari Dias de Miranda, revela que a iniciativa surgiu a partir de um trabalho de auxílio a um asilo embu-guaçuense.

“A partir da convivência com os problemas cotidianos desses idosos, passamos a perceber que a maioria deles desconhece os seus direitos e sente-se intimidados e fragilizados, em razão da idade e de problemas de saúde”, explica a coordenadora.

No Brasil, existem cerca de 5 mil asilos, segundo a Associação das Casas de Repouso para Idosos do Estado de São Paulo (Acresp). Entretanto, o Ministério Público do Estado de São Paulo alerta que há um alto número de casas clandestinas, onde o desrespeito aos direitos ocorre com muita frequência.

A matéria feita pela jornalista Deniele Simões traz ainda outros dados alarmantes sobre o  desrespeito, violência psicológica e descaso vividos por brasileiros que já passaram dos 60 anos.

Leia a reportagem na íntegra:

Para denunciar casos de abuso e violência contra idosos utilize o Disque 100, mantido pela Secretaria de Direitos Humanos. Queixas também podem ser feitas pelo portal disque100.gov.br ou pelo endereço eletrônico disquedenuncia@sdh.gov.br.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *